Google+ Followers

segunda-feira, 17 de julho de 2017

O Retorno de Chuvita

Contar a história usando borrifador para chuva e bolhas de sabão para vapor.

A Chuva descia suave do céu. Muitas gotas caíam nos jardins, outras sobre as casas, outras ainda iam engrossar o leito dos rios. Numa das poças d’água do jardim caiu a brilhante Chuvita. Era uma gota pequenininha e não entendia bem como tinha vindo parar ali.

- O que está acontecendo comigo? Onde estou?

- Calma, Chuvita! Você desceu à Terra junto com todas essas outras gotinhas – dizia Vaporilda.

- À Terra?!... Mas... eu só me lembro que estava lá no céu!

- É isso mesmo. Talvez você não se lembre bem porque estava em outra forma. Você era um vapor d’água.

- Peraí! Mas eu sou eu mesma!

- Sim, é você mesma, mas com outra forma... Como posso explicar melhor... Com outro corpo! – dizia Vaporilda, com ar de muito sabida. – Nós nos transformamos em nuvem e nos tornamos novamente gotas de chuva. E cada vez que isso acontece, sempre aprendemos mais e fazemos mais amigos.

- É como se em cada mudança dessas eu tivesse uma vida nova? – perguntou Chuvita.

- Isso mesmo! Se fôssemos humanos, chamaríamos isso de reencarnação.


- Ih, Vaporilda! Olha o sol chegando. Já é o momento de começar tudo de novo: uma nova vida, um novo aprendizado com um outro corpo que nos é dado por Deus.

Sugestão de atividade:

Para colorir.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é muito importante para a avaliação do nosso trabalho!