Google+ Followers

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O que oferecemos quando oramos?

Nossos evangelizandos têm muita dificuldade em se concentrar no momento da prece, ficam rindo, batucando na mesa, prestando atenção nas coisas que os outros estão fazendo, etc., assim, resolvemos usar essa técnica para que pudessem entender a importância de estarmos em sintonia com a Espiritualidade Superior quando oramos. O resultado foi ótimo!

Colocamos em cima da mesa embrulho de presente muito bonito.





Explicamos para os evangelizandos que aquele embrulho era um presente que eles queriam muito ganhar, um presente muito especial, pedimos que cada um pensasse em algo bem especial que estivessem querendo muito ganhar, não precisavam falar qual era o presente, apenas pensar, imaginando que o que desejavam estava dentro da caixa.

Abrimos o presente e mostramos o que havia dentro do embrulho, que decepção! (as carinhas foram hilárias)




"Mas tia, aí só tem lixo!", "Eca, que nojo!"

Perguntamos como estavam se sentido, ao ver o que tinha dentro da caixa. Ouvimos as respostas: estavam tristes, decepcionados, chateados... 

Explicamos que aquele presente representava a nossa prece. E que é isso que acontece quando fazemos nossa prece de qualquer jeito, sem nos concentrarmos, sem colocarmos os nossos melhores sentimentos nas palavras que saem da nossa boca, quando ficamos rindo, batucando na mesa, pensado em outras coisas, olhando para o que nosso amiguinho está fazendo, etc. Quando agimos assim, estamos oferecendo lixo a Deus, a Jesus, aos nossos Amigos Espirituais, pois no momento em que nos preparamos para fazer nossa prece, Deus, Jesus e nossos Amigos Espirituais ficam esperando ansiosos para receber o nosso presente – a nossa prece. 

Questionamos "Como vocês acham que eles se sentem quando fazemos uma prece que não vem do fundo do nosso coração, que não está envolvida nos nossos melhores sentimentos? Quando oferecemos a eles uma prece que se compara a esse lixo? Todos concordaram que Jesus, Deus e nossos Amigos Espirituais ficam muito tristes e decepcionados conosco.


Apresentamos então duas figuras: a primeira com uma criança fazendo uma prece pensando em brincadeiras.


Figura apresentada

Figura para imprimir


A segunda com uma criança fazendo uma prece pensando em Jesus. 



Figura apresentada


Figura para imprimir

Dialogamos com os evangelizandos, mostrando a importância de nos mantermos harmonizados e em sintonia com Jesus, com Deus, com a Espiritualidade Superior no momento da nossa oração.

Chegamos a conclusão que não queremos oferecer lixo para Deus, nem para Jesus e nem para nossos Amigos Espirituais, por isso todos se comprometeram a modificar seu comportamento durante a prece.

E quando chegou o momento da nossa prece de encerramento da aula, nenhum deles quis fazer a prece, mas todos se comportaram muito bem e tomaram a iniciativa de repetir, todos juntos, cada palavra da prece final, foi lindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário