Google+ Followers

sábado, 29 de abril de 2017

Lei de Causa e Efeito

Após contar a história ilustrada, dialoguei com os evangelizandos, para verificar se compreenderam a história. Estimulei a conversa com perguntas:

Vocês gostaram da história? Quem prestou atenção no que aconteceu? Podem então me contar o que aconteceu na história? O que a Vivi estava fazendo quando caiu no rio? Ela sabia nadar? Quem ajudou ela? O que aconteceu depois? E Vivi conseguiu ajudar Piteco? O que ela fez? 

Expliquei que a história falava que tudo que fazemos um dia volta para nós, se fazemos coisas boas, como o Piteco, recebemos coisas boas, mas se fazemos coisas ruins, como o caçador, recebemos coisas ruins.

Perguntei quem sabia o que significa ser responsável. Ouvi as respostas e completei que ser responsável é assumir o que fez e responder pelo resultado dessa ação. Por exemplo, todo mundo sabe que não devemos mentir, certo? Então se alguém aqui rasga sem querer o meu caderno, mas eu não vejo quem foi, quando eu pergunto “quem rasgou o meu caderno?”, e essa pessoa fala a verdade, me conta que foi mexer e sem querer rasgou, ela está sendo responsável. Eu vou ficar triste, vou entender, explicar que devemos ter cuidado quando mexermos nas coisas dos outros e vou desculpá-la. Mas se essa pessoa não assumir que foi ela, ela não está sendo responsável. Quando eu descobrir que foi ela, eu vou ficar chateada, então ela vai ter que assumir que além de ter rasgado o meu caderno, ela mentiu e além de conversar com ela, eu vou deixa-la sem participar das atividades com os outros colegas porque ela mentiu.

Para podermos entender melhor o resultado das nossas ações, aplicar a seguinte atividade:

CAUSA X EFEITO

Dividi a turma em dois grupos, cada evangelizandos do primeiro grupo pegou uma figura causa, expliquei a figura e convidei um evangelizando do outro grupo para encontrar a figura correspondente ao efeito. Quando todos do grupo tiverem pego a figura da causa, invertemos, o segundo grupo pegou a figura com a causa e o primeiro encontrou o efeito.









Eles coloriram as figuras que estavam com eles, separamos as figuras em pares e montamos um cartaz com as colunas, CAUSA e EFEITO, colando as figuras nas colunas correspondentes.

O cartaz ficou assim:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é muito importante para a avaliação do nosso trabalho!