Google+ Followers

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Encerramento 2017 - Parte 3 / 3º Ciclo

A Turma do 3º Ciclo trabalhou a história "Prêmio ao Sacrifício" retirada do livro Alvorada Cristã pelo Espírito Néio Lúcio, psicografado por Chico X avier

NARRADOR: Três irmãs dedicadas a Jesus leram no Evangelho que cada ser receberá sempre, de acordo com as próprias obras, e prometeram cumprir as lições do Mestre.

1ª IRMÃ fala: Estudei durante muito tempo e com o esforço me tornei juíza famosa. Defendo os humildes, auxiliando os pobres e libertando muitos prisioneiros perseguidos pela maldade.
De juíza me tornei uma legisladora e coopero em estruturar leis benéficas e edificantes.
Sou respeitada e estimada, jamais esqueci os compromissos que assumi a frente do Evangelho.
Sou correta, digna, honrada, rica e feliz.

2ª IRMÃ fala: Sou empresária de uma indústria de fio de algodão, trabalho com afinco e com intenção de ter grandes lucros administrativos, assim ajudo com facilidade os infortunados e sofredores. Dividirei igualmente o trabalho e distribuirei os lucros com justiça e bondade.

3ª IRMÃ fala: Sou deficiente, não consigo usar a inteligência com facilidade. Minhas pernas são secas, a cadeira e a cama são a minha residência.
Mas posso fazer uma humilde tarefa no serviço da oração.
Iniciei orando por uma senhora que estava sempre chorosa, confortei-a com a ternura de uma Irmã.
Bastou isso, e a senhora reconhecida trouxe outros irmãos necessitados.
Segui oferecendo-os um sorriso de confiança na bondade celeste.
Doava um pouco de mim, gastando emoções e energias no santo serviço do bem.
Falava dos benefícios da dor, e de minhas esperanças no reino divino.
Esqueci de mim mesma, comia e dormia pouco, trabalhei tanto que perdi a visão, mas não fiquei sozinha e segui colaborando com os sofredores através da oração.

NARRADOR: Morreram as três irmãs, em idade avançada, com pequenas diferenças de tempo. Quando se reuniram, na vida espiritual, veio um Anjo examinar-lhes as obras com uma balança.
A administradora e a juíza traziam grande bagagem, que se constituía de várias bolsas, recheadas com o dinheiro e com as sentenças que haviam distribuído em benefício de muitos. A servidora da prece trazia apenas pequeno livro, onde costumava escrever suas rogativas.
A primeira foi abençoada pelo conforto que espalhou com os necessitados e a segunda foi também louvada pela justiça que semeara sabiamente.
Quando o Anjo, porém, abriu o livro da ex-paralítica, dele saiu uma grande luz, que tudo envolveu numa coroa resplandecente. A balança foi incapaz de medir-lhe a grandeza.

Então, o Mensageiro falou-lhe, feliz: — Tuas irmãs são benditas na Casa do Pai pelos recursos que distribuíram, em favor do próximo, mas, em verdade, não é muito difícil ajudar com o dinheiro e com a tarefa que se multiplicam facilmente no mundo. Sê, porém, bem-aventurada, porque deste de ti mesmo, no amor santificante.
Benefício dos semelhantes e a Lei do Sacrifício determina que a tua moradia seja mais alta. Não transmitiste apenas os bens da vida: irradiaste os dons de Deus.
E a servidora humilde do povo foi conduzida a um céu mais elevado, de onde passou a exercer autoridade sobre muita gente.


*-*-*-*-*-*


 
Turminha do Maternal




Turminha do Jardim




Turma do 1º Ciclo

Turma do 3º Ciclco



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é muito importante para a avaliação do nosso trabalho!